Fla Recife

Fórum para integrantes da Fla Recife - http://www.flarecife.com.br
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Página da Fla RecifePágina da Fla Recife  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Pai de Vágner Love quer ver filho no Fla

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Silvano
Master
Master
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 674
Idade : 51
Localização : Recife
Emprego/lazer : Militar
Humor : Divertido
Data de inscrição : 12/05/2008

MensagemAssunto: Pai de Vágner Love quer ver filho no Fla   Seg Ago 04, 2008 9:20 am

Fonte: O Dia Online
Em 02/08/2008 às 22:53

Ivan
Ribeiro, 50 anos, não tem dúvida: caso o filho acerte com o Flamengo,
dará uma resposta ao Vasco, que o dispensou nas categorias de base,
colocará Obina no banco de reservas e ajudará o Rubro-Negro a voltar ao
caminho dos gols e vitórias.


“Seria um sonho, pois ele é Flamengo desde criança. Quando o Vágner
tinha 13 anos, foi pela primeira vez no Maracanã, comigo, assistir a um
Fla-Flu, e disse: ‘Ainda jogo aqui com a camisa do Flamengo”, recorda o
pai coruja.

Em entrevista à repórter Marluci Martins, na edição do ‘Ataque’ do
dia 18 de novembro de 2007, Vágner Love, 23 anos, então na Seleção,
declarou: “Quero voltar e correr pelo Flamengo”
.

Os russos do CSKA fazem jogo duro. “Ele precisa voltar. A família
sente saudade. Eu mesmo nunca fui à Rússia, pois não agüentaria o
frio”, afirma Ivan, que guarda as camisas da Seleção e do time russo usadas por Vágner Love, além de ter escrito o apelido do filhão na parede de casa.




Ivan recorda que Vágner foi dispensado do Vasco, clube no qual
chegou a morar na concentração, por ser baixinho. O atacante pensou em
desistir da carreira, mas logo foi para São Paulo, onde começou sua
carreira no Palmeiras. “Estou orando muito para que ele volte”,
completa o pai, que acredita que o casamento recente de Vágner com
Marta e o filho Enzo, de 2 anos, podem fazer com que o jogador convença
os russos a liberá-lo.

Com uma camisa surrada do Flamengo — ele ainda espera um uniforme
prometido por Leonardo Moura —, Ivan torce pela volta imediata do filho
ao lado de uma das irmãs de Love, a pequena Tayane, de 10 anos.

“Em 15 dias, ele resolve o problema de gols do Flamengo. Ele é um jogador rápido e bom finalizador”, elogia.

O pai não entende uma única palavra em russo, mas em português
claro, afirma que o apelido de Love caiu bem no filho, que, antes de se
casar, sempre foi muito namorador. Agora, ele espera um relacionamento
do filho com a ‘nação’ rubro-negra. “Vai ser só love, só amor com a torcida. Ele é a cara do clube”, afirma o pai na missão de convencer o filho a vir para perto da família.

A irmã Tayane já ensaia hinos e músicas. “Imagina toda a família no
Maracanã assistindo ao Love?!”, sonha o dublê de pai e torcedor.

Com toda a negociação envolvendo o Flamengo e os russos, Ivan assume
também seu lado treinador e avisa: se o filho acertar com o
Rubro-Negro, o time poderá contar com dias de glórias e Obina deve se
preparar para voltar para o banco.

“Se o Vágner chegar, o Obina não joga mais como titular”, aposta
Ivan, pai do artilheiro do amor que, antes mesmo de chegar, já provoca
batimentos cardíacos acelerados no pai.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.flarecife.com.br
 
Pai de Vágner Love quer ver filho no Fla
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Primeiro vôo do meu Filho
» DTM -1994 Nurburgring - Narração Edgard Mello Filho
» O primeiro carro do seu filho (18 anos) seria uma Mercedes ?
» Alguem quer trocar?
» O bom filho à casa volta

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fla Recife :: Fla Recife :: Notícias do Mengão-
Ir para: